LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

31 de agosto de 2016

Bolsa fibonacci - um projeto não convencional

Faz anos, meu namorido me assistindo costurar me pediu pra criar um molde.
Eu disse pra ele desenhar.
Com base na versão gráfica da sequencia de Fibonacci:
Fonte: wikipedia

Fonte: wikipedia
Ele criou o molde para esta bolsa.
Executei em cetim branco, e forro roxo.
Mas o tecido acabou antes de eu poder fazer o viés de acabamento da alça, e a bolsa ficou parada.


Eu queria fazer o acabamento com cetim roxo como o do forro, mas não achei a mesma cor. Por fim desisti do roxo e comprei viés pronto de cetim branco e apliquei nas aberturas.


Eu gostei do resultado final, não da cor.
Dia desses tento outra, numa textura ou cor mais apropriada para uma bolsa.

Mais do mesmo: porta-cartões

Esse modelo de porta-cartões é bem versátil, pode ser usado para vários fins, eu uso como carteira; tenho cliente que comprou para usar de embalagens de presente; também serve direitinho para guardar os pen drives na bolsa; e por aí vai.


Algumas opções de estampa e cor.
Também usei tecidos de forração nesta leva, como gorgorão e aquablock.



29 de agosto de 2016

Carteira de crochê rosa Duna

Eu ganhei um novelo de linha Duna da Circulo na cor rosa para testar.
Fiz o mesmo modelo de carteira que usei com o novelo cru de Duna que recebi no mesmo sorteio.


Eu gostei do resultado do trabalho com essa linha. O rendimento também é bom, uma carteira por novelo.
No caso desta carteira preferi cobrir o botão com pontos baixos, pois não tinha nada da cor da linha.
A carteira também foi forrada com tricoline e estruturada com talagarça.


27 de agosto de 2016

Bolsa Jussemara rosa e marrom

Eu compro muitos livros e revistas com moldes de bolsas no intuito de fazer os modelos e assim "pagar" o investimento no livro. Acontece que na maioria das vezes eu não faço as bolsas novas.
No caso do Livro da Lisa Lam The Bag Making Bible, de fato já paguei o investimento.
Essa é a bolsa da capa.
Eu via várias opções deste modelo na internet, achava lindo, mas não conseguia entender como fazer as alças. São de viés, super fáceis de fazer.
Agora volta meia faço o modelo.
Dessa vez ele mistura dois tecidos que eu amo: o tecido rosa chá com arabescos marrons e a estampa de gatos.


Como a bolsa é dupla-face (reversível), ela tem um bolsa preso por tira de tecido que pode ser literalmente jogado de um lado para o outro.
Essa bolsa tem tamanho ótimo para ser usada no dia a dia.


Bolsa com aba em log cabin

Fiz esta bolsa por encomenda de uma das sócias proprietárias da Vivá Essencial, nas cores da marca.
A ideia era ter uma bolsinha fácil de carregar para usar nas feiras.
Quero fazer uma assim para mim também, por enquanto uso um avental apenas.


Fiz um log cabin para a aba da bolsa, para realçar o trabalho, usei o primeiro quadradinho amarelo.


A bolsa tem dois bolsos, um principal acolchoado e um menor fechado por botão.


26 de agosto de 2016

Comparação entre os tamanhos M e G da Bolsa Lilian

Eu faço dois tamanhos da Bolsa Lilian, resolvi fazer este post para mostrar em fotos a diferença entre eles.


A bolsa grande é aproximadamente 5cm maior na largura e 3cm na altura.
Falando em centímetros parece pequena a diferença, mas na prática, a bolsa maior tem volume bastante superior, acomoda mais facilmente cadernos grandes e computadores.


No mais, as bolsas são iguais:
1. podem ser dupla-face (reversível);
2. possuem bolso interno, que pode ser flutuante nas bolsas reversíveis;
3. são práticas;
4. podem ser feitas em qualquer tecido.



24 de agosto de 2016

Bolsa G para computador estampada de borboletas

Fiz essa bolsa por encomenda. A dona escolheu borboleta, esse foi o tecido que eu achei para atender o pedido.
Fiz um matelassê com manta acrílica pois a bolsa seria usada para carregar computador.


Dentro estampa que lembra o céu, para combinar com as borboletas e um bolso generoso.
Fiz as alças com cadarço de algodão azul marinho, acho que o fundo branco do tecido sujaria muito na alça.


Mochila Adriana gatos P&B

A pedido de uma amiga fiz outra mochila de gatinhos com o tecido da EvaeEva.
Dessa vez combinei com poá preto e branco.



A pedido da cliente fiz o bolso interno embutido.

Detalhe da alça.

23 de agosto de 2016

Golas altas avulsas

Para quem tem frio no pescoço, mas não tanto para usar um cachecol ou um blusão.
As golas avulsas podem sem feitas em material menos quente que a lã, suficientes para o ar condicionado do escritório.
Ou podem ser só um acessório diferente.


22 de agosto de 2016

Carteira de crochê Anne roxa multicolor

Fiz outra carteira de crochê em ponto alto, dessa vez utilizando um novelo de linha Anne da Circulo, num roxo mesclado.
 Para fazer a peça trabalhei com linha dupla e agulha de 3mm.
O passo a passo é igual ao da Carteira com fio Glamour.


20 de agosto de 2016

Bolsa Flora estampada de gatos marrom e rosa

Comprei um livro de bolsas da Amy Butler com uns modelos bem legais, na expectativa de fazer vários. Por enquanto esta é a segunda versão do mesmo modelo (aqui a primeira versão).
Para esta versão mudei um pouco o modelo, diminui o tamanho do corpo da bolsa, num dos cortes marcados no molde original, e não apliquei os acabamentos nas laterais.


No centro da bolsa tem uma prega, que ajuda a dar volume e dá um charme a mais na peça.
Para acompanhar fiz um chaveiro, que pode ser usado no própria bolsa ou onde a dona quiser.


Bolsa Lilian M gatos P&B

Atendendo uma encomenda fiz a Bolsa Lilian com estampa de gatinhos da EvaeEva.
A bolsa é reversível (ou dupla-face), e o outro lado é de folhagens cinza.


Não lembro a marca deste tecido cinza, mas gosto muito do padrão.


17 de agosto de 2016

Carteira grande com estampa de zebra

Da série "o que fazer com os retalhos de tecidos há muito guardados?", o reaproveitamento de tecido de forração adquirido para fazer uma encomenda de carteira.

Pelo tamanho do tecido resolvi fazer um retângulo com ziper.
É uma necessaire gigante.
O forro fiz de cetim pink (também para aproveitar um retalho), com bolso.
A estrutura firme parte é do tecido que é uma lona grossa, parte de uma camada de feltro que coloquei no meio.


Quem compro a peça usou para transportar ipad e periféricos (teclado, cabos e tals).

Clutch P com estampa de gatos cinza e rosa


Para fazer a carteira usei tricoline com feltro para a estrutura.


Quando baixei o molde desta Clutch, ele vinha em dois tamanhos.
Comecei fazendo o tamanho maior, testei o menor só nessa peça.
Na foto de baixo mostro a diferença nas peças prontas.


16 de agosto de 2016

Customizando com Estrelas

Pensando num jeito novo de reaproveitar umas peças do guarda-roupas que já estão manjadas?
As passarelas são sempre uma boa opção de inspiração.
E a Burda não deixa passar nada.
Neste mês a inspiração vem das estrelas.


15 de agosto de 2016

Carteira de crochê azul Glamour

Ganhei dois novelos de linha Glamour, da Circulo, na cor azul.
Resolvi trabalhar nessa peça com linha dupla para dar uma ar mais rústico.


Como trabalhei com linha dupla usei agulha 3,5.
Fiz uma corr com 57 elos e trabalhei em carr de ida e volta em pa por 18 carr. Arrematei.
Subi 38 pa, 2 por carr da peça de base. Fiz 8 carr de pa. Na última carreira fiz a casa para o botão.
Decidi cobrir com pb um botão qualquer que tinha em casa, pois não achei nenhum que gostei para a carteira.
Arrematei a aba com uma carreira de mpa.
Costurei as laterais e apliquei o botão.


Fiz duas alças para a carteira poder ser usada em muitas ocasiões.

13 de agosto de 2016

Clutch com estampa de caveiras

Carteira de caveiras para aproveitar o retalho de uma bolsa.
Bom ter uns modelos pequenos para aproveitar pequenos tecidos.


Para a alça corrente escura.

Usei feltro para dar estrutura a esta peça.

Clutch de veludo preto

Mais um retalho de tecido de encomenda antiga que estava na gaveta esperando a sua vez.
Esse é um veludo de forração, desses dublados no verso, bem grosso. Bom que nem precisa de entretela ou manta ou feltro.


Minhas fotos de peças pretas ficam sempre esquisitas. Tenho tentado fotografar ao ar livre para melhores resultados.
A foto é só pra mostrar que a carteira tem uma alça para ser usada no ombro.


Agora sim, a foto com luz natural.

10 de agosto de 2016

Clutch de veludo cotelê bege

Faz tempo que namoro este modelo, mas só agora que ele já está bem batido que resolvi confeccionar algumas.
Fiz para aproveitar tecidos há muito parados nas minhas gavetas.
Esse veludo cotelê foi comprado para uma bolsa e ficou o retalho certinho para fazer a carteira.


O molde peguei na internet. Tem muitas opções.
Depois comprei um livro Tilda que tem um molde para essas carteiras, ainda não tirei para fazer a comparação.
E como sempre, gosto que as peças sejam multiuso, então a carteira ganhou uma alça de cordão de São Francisco.


Clutch de onça com alça de couro

Quando resolvi que faria feiras para vender minhas peças, meio que entrei em pânico, afinal não tinha muita coisa pronta. E a feira seria dali 20 dias (ou menos).
Abri minha gaveta de tecidos e fui tirando tudo de dentro, pensando o que daria para fazer com cada pano.
Tecidos maiores viraram bolsas grandes, com os menores não sabia o que fazer.
Fiz umas pesquisas no Pinterest e resolvi fazer carteiras.


Esse emborrachado tinha sido comprado já para fazer uma carteira, na época por encomenda.
Agora viraria outra carteira.
Optei por fazer uma peça molenga, que pudesse ser dobrada.
E coloquei alcinhas nas laterais para que pudesse virar uma bolsa de ombro.


Dessa forma, a bolsa tem várias possibilidades de uso:
1. aberta como carteira grandona e molenga, seve um tablet dentro;
2. dobrada na altura das alcinhas;
3. como bolsa de ombro.


A bolsa fecha com ziper.




9 de agosto de 2016

Chaveiros de gato

Não posso ver um tecido com estampa de gatos que compro, acho todos lindos. E estou aproveitando a variedade disponível no mercado, nem sempre foi assim.
Estava fazendo uma bolsa de uma encomenda, a pessoa me pediu uma aplicação de gato.
Como o tecido era estampado, não achei que ficaria bom com a aplicação, então fiz um chaveiro, com a própria estampa do tecido - o chaveiro da esquerda, que nem é bem um chaveiro.


Daí alguém viu e me pediu um para si.
Virei a gaveta de tecidos e achei essa gatinha do laço vermelho.

Para montar os chaveiros recortei os gatinhos com margem de costura de 0,5 cm aproximadamente, coloquei direito sobre direito de um tecido de forro combinando, recortei o forro do mesmo tamanho.
Costurei com menos de 1 pé de máquina de distância da borda deixando espaço para virar, virei para o direito, enchi com manta, fechei a abertura com pequenos pontos à mão.
A alça de rabo de rato prendi no local com alinhavo antes de colocar o gatinho sobre o forro.

8 de agosto de 2016

Carteira de crochê bege Duna

Em março fui sorteada no Novelos da Amizade da Circulo e recebi um novelo da linha Duna na cor cru.
Levei um tempo até decidir que ele viraria uma carteira.
O modelo foi fácil de decidir, já que gosto muito da jovialidade deste modelo quadradinho em ponto alto.


Para fazer a carteira utilizei um novelo da linha Duna da Circulo e agulha de crochê nº3 também da Circulo.
Comecei com uma correntinha de 48 elos. Fiz 1 carr de mpa (meios pontos altos), 19 carr de pa (pontos altos) e 1 carr de mpa. Arrematei.
Virei o trabalho, levantei 38 pa, dois em cada carreira de pa. Trabalhei assim por 8 carr. Arrematei.
Costurei as laterais com agulha de tapeçaria.
Para o acabamento da aba fiz uma carreira de mpa, deixando espaço para a casa de botão. 
Costurei o botão de madeira.
Fiz forro com tricoline e estruturado com talagarça, que ensino a fazer aqui.
Coloquei botão de pressão no forro para pregar as alças. Fiz uma alça de punho e outra comprida para usar no ombro - corr com carr de mpa nas duas alças. Coloquei o outro lado do botão de pressão nas alças.


Me animei tanto que fiz outras com outros novelos que ganhei da Circulo e da minha madrinha.
Vou postando cada uma por aqui com as receitas.

Pin It button on image hover