LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

29 de fevereiro de 2016

Poncho roxo Roseli

Faz tempo que eu ganhei dois novelos iniciados de uma lã bem fofinha, mas que eu não sei o nome, uns novelos enormes, acho que de 200 g. Como a lã é leve e macia, o novelo tem muitos metros.


Para o poncho aproveitei os 3 novelos de molet que a Círculo me mandou com a bolsa que eu ganhei em dezembro, trabalhando os dois fios juntos. Precisei utilizar um meio novelo de cor assemelhada que eu tinha em casa, não sei a marca nem o modelo.


Usei agulha nº 9 para trabalhar a mistura de fios. Coloquei 50 pontos e trabalhei por aproximadamente 140 cm em cordões de tricô, o trabalho ficou com 42 cm de largura.
Costurei uma das laterais menores na lateral maior, fazendo o bico da frente.

26 de fevereiro de 2016

Estamparia - aplicação com fotos


Para quem quer customizar as próprias roupas ou presentear com exclusividade, a Burda traz um passo a passo para estampar com fotos.


24 de fevereiro de 2016

Bolsa Lilian dupla-face vermelha poá e floral

Recebi a encomenda de bolsa no modelo Lilian vermelha.
Fiz um lado liberty e o outro poá, num tom de vermelho bem bonito.




Como a bolsa é dupla-face, fiz um bolsinho preso por tira que pode ser jogado para qualquer lado.


Se você quiser fazer a sua, aqui no blog tem molde e passo a passo.
Para encomendas tem o link da loja na lateral esquerda do Blog.

23 de fevereiro de 2016

Clutch com pegada artesanal


As bolsas artesanais estão supervalorizadas nesta temporada.
As carteiras de crochê, como da marca Catarina Mina, vendida por lojas como a Le Lis Blanc, fazem bastante sucesso por aí.


Para fazer a tua tem muitas opções no Pinterest.




22 de fevereiro de 2016

Bolsa de crochê marrom e laranja

Aproveitei que o laranja está na moda para fazer uma bolsa combinando laranja e marrom, que é uma dupla que me agrada.

Usei linha Fiore da EuroFios, trabalhei com linha dupla e agulha de 3mm.
Comecei o trabalho pelo fundo. Subi a frente e a parte de trás, depois as laterais.
Costurei as laterais.
Fiz a parte de cima ponto sobre ponto.
Fiz uma carreira de pontos baixos ao redor da parte trabalhada da frente e de trás.
As alças fiz usando um passo a passo que achei no Pinterest, ótimo, do Blog Roberta Croche & Cia.


O forro fiz de tecido encorpado laranja, e para dar forma usei reforço no fundo da bolsa.


20 de fevereiro de 2016

Bolsa Lilian dupla-face em jeans e tricoline

Recebi a encomenda de uma bolsa para circular na faculdade, de tamanho bom para carregar o material e de tecido encorpado para aguentar o tranco.
A cliente escolheu o modelo Lilian.
Fiz um lado em jeans e o outro floral azul, numa estampa bem bonita.



Como a bolsa é dupla-face, fiz um bolsinho preso por tira que pode ser jogado para qualquer lado.


Se você quiser fazer a sua, aqui no blog tem molde e passo a passo.
Para encomendas tem o link da loja na lateral esquerda do Blog.

16 de fevereiro de 2016

Lenços - ideias para amarração


Os lenços sempre acompanham as mulheres, seja pra vencer o frio em uma reunião, seja para enfeitar a alça da bolsa ou esconder uma cicatriz no pescoço.
Neste editorial algumas maneiras para aproveitar o que os lenços tem de melhor.



15 de fevereiro de 2016

Estola marrom Promenade

Comprar lã que a gente não conhece pela internet é sempre uma emoção. Na minha última compra eu dei sorte.
A lã usada nesta peça é a Promenade da Ballet de France, ela é firme e bem grossa, com um fio metalizado na estrutura.


Utilizei 5 novelos de lã e agulha nº 14.
Coloquei 34 pontos e trabalhei em meia até a lã quase acabar.
Com o resto da lã fiz o acabamento que serviu de casa para os botões (alças com pontos baixos).


Short de crochê


Matéria da Revista Manequim propõe duas situações para a utilização de shorts de crochê.
E a receita está no site da Revista.



13 de fevereiro de 2016

Origami em tecido

Em alta costura é comum a gente ver peças estruturadas com recortes de tecidos.
A Burda traz um tutorial para incrementar em casa as peças, para torná-las saídas das passarelas.


Eu também já fiz experimentos nessa área. Em patchwork tem um bloco que se chama bolha, em geral ele é preenchido com manta acrílica para ficar alto e fofo.
Quando aprendi o bloco em um desafio, resolvi utilizá-lo de forma plana, com algumas dobras, como já havia visto na internet.
O resultado do trabalho foi essa bolsa de tafetá preta.


12 de fevereiro de 2016

Colar de contas com inspiração nos corais


Colar não é meu forte. Não uso. Mas é um acessório poderoso sem dúvida.

Esse modelo imitando coral achei muito legal, tem passo a passo na Burda de fevereiro.



Mas o fundo do mar apareceu também na Manequim de março, mostrando que o tema é tendência.

.
E mais inspiração do Pinterest:




10 de fevereiro de 2016

Porta-pincéis de maquiagem

Para quem usa maquiagem e seus pincéis, carregar o kit básico na bolsa pode ser um problema.
A proposta da Manequim é fazer uma necessaire exclusiva para os pinceis, de modo á mantê-los organizados na bolsa.


Já fiz alguns porta-pincéis de maquiagem para amigas que tinham este problema.


8 de fevereiro de 2016

Poncho cinza, branco e marrom Ballerine


Comprei a lã pela internet e achei pela imagem que fosse um atoalhado com fio grosso. E é. Mas na verdade era para usar fazendo frufru, é daquele tipo de lã tipo teia ou o sensual (Círculo).
Como acho muito chato de trabalhar essas de babado, usei como se fosse a lã que eu achava que tinha comprado, um fio aveludado e grosso.


A lã em questão é a Ballerine da Balet de France.
Usei para fazer o poncho 5 novelos e agulha nº 14.
Coloquei 30 pontos e trabalhei em ponto meia até acabar os novelos. Pela natureza da lã não quis tentar colocar franjas.
Costurei o ombro ou frente da peça.


6 de fevereiro de 2016

Bolsas infantis com formatos divertidos


Na revista Burda do mês de fevereiro tem um editorial de moda infantil, com apresentação de duas bolsas, uma com molde.


O molde da bolsa com formato de raposa é lindo, normalmente em maio me convidam para uma festa de aniversário de menina, bem na idade para esta bolsa, se este ano o convite não falhar, vou fazer este modelo.


Dando uma olhada nas redes sociais, tanto no Pinterest quanto no Instagram a gente acha modelos igualmente divertidos para crianças (ou não).


3 de fevereiro de 2016

Revista Burda de fevereiro de 2016


A Burda de fevereiro tem algumas peças que podem vir a fazer parte do meu guarda-roupas, peças que eu gostei e que ainda por cima diz que são fáceis de fazer.

Essa blusa com punhos de malha é um bom exemplo.
Só preciso descobrir onde comprar em Brasília.
E com certeza não será de onça.

A calça de alfaiataria abala meu coração. Acho lindo o modelo, bem soltinha, uma delícia.
A saia levemente mullet também é bem bacana, melhor ainda com o carimbo de fácil.
E a blusa é no mesmo modelo de cima, numa composição diferente e mangas mais curtas.

A saia de couro caramelo levemente evase é outro arraso. Comprei um couro ecológico para tentar uma saia parecida, de outra edição da Burda.


E a saia lápis com botõezinhos na frente, que me enganou, pois achei que a abertura fosse por aí, mas eles são só decorativos, aplicados sobre as pences.

Revista Manequim de fevereiro de 2016


Nessa edição da revista Manequim os moldes que estão do meu tamanho e se adaptam ao meu gosto são:
Esse macacão, ele parece muito confortável.
Gosto do cinto também.

E a saia com peplum na barra. Já fiz uma saia com peplum com modelo de outra edição da Manequim.

1 de fevereiro de 2016

Estola de restolhos de lã azul

Na minha missão de reaproveitar os restolhos de lã que vem se acumulando ao longo dos anos, já fiz um cachecol azul.
Agora resolvi fazer uma estola num modelo que eu acho bem bonito, mas que nem sempre a gente está com vontade de fazer porque inclui muitas costuras na confecção.


Como as lãs tinham diâmetros diferentes, escolhi agulha de nº 8, os fios mais grossos ficaram com o trabalho bem justo e os fios mais finos trabalhei duplos.


Para fazer o corpo da capa coloquei 50 pontos na agulha e trabalhei em ponto tricô e carreiras encurtadas assim: 22 pontos, 34 pontos e 50 pontos.
O acabamento inferior é uma trança com 10 pontos +1 para costurar.
O acabamento da frente fiz com 7 pontos. Em um dos lados fiz 5 casas de botão.
Fiz uma carreira de pontos baixos nas laterais e decote da capa.
Precisei fazer um ajuste nas alturas dos encontros das carreiras encurtadas pois em alguns casos ficou um buraquinho com a altura de duas carreiras.


Pin It button on image hover